27 de janeiro de 2013

Remastersys - Um ótimo utilitário de backup para Ubuntu

Após muito trabalho você finalmente conseguiu configurar seu Ubuntu da maneira que desejava, instalou programas que você gosta, removeu programas desnecessários, instalou temas e ícones, modificou as fontes, enfim, deixou o Ubuntu com a sua cara. Então, surge a necessidade de você formatar seu Notebook/PC e você fica desesperado pois precisará configurar tudo novamente e sabe que a trabalheira não será fácil.
Para resolver este problema existe o Remastersys, um utilitário para Debian/Ubuntu que, além de outras funções, realiza um backup completo de seu sistema e gera numa ISO um Live Cd onde você pode acessar o sistema sem instalar no HD, mas também tornando possível a reinstalação do sistema operacional, deixando-o do mesmo modo que ele estava antes da formatação.
O objetivo desta dica é mostrar como funciona o processo de backup utilizando o Remastersys para o Ubuntu mas o processo para Debian praticamente o mesmo.
Primeiramente baixe a versão equivalente à versão de seu Ubuntu. Para versões acima da 12.04 (Precise) a dica é a seguinte:
No terminal, logado como root (sudo su) utilize o comando:
wget -O - http://www.remastersys.com/ubuntu/remastersys.gpg.key | apt-key add -
Este comando baixa as chaves do software.

Edite o arquivo /etc/apt/sources.list com o comando sudo gedit /etc/apt/sources.list e no final do arquivo insira os comandos a seguir:
#Remastersys Precise
deb http://www.remastersys.com/ubuntu precise main

Salve o arquivo.

Para atualizar os pacotes digite:
sudo apt-get update 
Para iniciar, procure pelo remastersys no painel inicial do Unity ou, simplesmente, digite sudo remastersys-gtk no terminal e interface principal estará aberta. Como aqui o foco é apenas a opção de backup a utilização torna-se bem simples, mas é necessário fazer algumas pequenas configurações, então vamos vê-las.
Na figura abaixo estamos na aba Settings e, é nesta aba que configuramos praticamente tudo.

remastersys
No campo Username você pode inserir o nome do usuário principal do sistema operacional que deseja fazer backup, na verdade é desejável que você coloque o mesmo nome pois, poderá ter problemas quando tentar utilizar o backup.
No campo CD Label você pode colocar o nome que deseja dar à sua ISO, que posteriormente, será o nome de seu Cd/Dvd de backup.
No campo Filename vocẽ pode colocar um nome personalizado para o arquivo ISO gerado Ex: Backup_Ubuntu.iso mas, vale lembrar que você sempre deve dar um nome com a extensão .iso no final.
Outro campo importante é o Working directory. Aqui você deve escolher uma pasta onde irá salvar a image ISO gerada, comedo que deixe-o como está e assim sua imagem gerada será salva na pasta /home/remastersys/...
Nas opções seguintes você pode deixar tudo como está e volte para a aba Actions, que é a aba principal.
remastersys
Nesta aba, você pode escolher o usuário que será iniciado como usuário principal e todas as suas configurações serão aplicadas quando você iniciar o Cd/DVD de Backup. Você deve ter cuidado de utilizar um usuário que possua um arquivo /home não muito grande pois a ISO poderá não caber num DVD. O ideal é que você possua seus dados (fotos, músicas, vídeos, arquivos grandes) salvos em outra partição de seu disco rígido.
Realizadas todas as configurações, vamos finalmente realizar o backup. Feche todos os programas, arquivos e janelas abertas e deixe apenas a janela do remastersys. Clique na opção Backup , dê OK na mensagem e aguarde o final do processo, que será um pouco demorado. Detalhe: Não interrompa o processo.
Ao final do processo você terá um backup completo o seu sistema e serão gerados 2 arquivos com o nome que você escolheu lá em cima no campo Filename. Estes arquivos estarão na pasta /home/remastersys/remastersys (ou outra que você tenha escolhido no campo working directory). Você deve gravar o arquivo com a extensão .iso num CD/DVD (sugiro gravar num DVD regravável) após isto, utilize a opção Limpar para remover o arquivos temporários que provavelmente estarão ocupando bastante espaço em seu HD.
Se quiser testar, é só reiniciar o PC/Notebook com o CD/DVD gerado. Você irá se deparar com o gerenciador de inicialização, escolha a opção de live cd se quiser apenas rodar como um live cd, mas também poderá escolher a opção de instalar.
Dica preciosa: Não recomendo que você grave a ISO num Pendrive pois, na hora da instalação dá um erro, não instala o Grub e a instalação não termina, isto não ocorre quando gravado num CD/DVD.
Continue lendo... ››

14 de janeiro de 2013

Integrar Skype, Facebook e Windows Live Messenger (Msn Messenger)

Nesta semana foi divulgado que a Microsoft encerrará o Windows Live Messenger (WLM) em 15 de Março de 2013 (Ler novidades no final do post). Desde que os primeiros anúncios foram feitos, em meados do ano passado, muitos usuários do Windows Live Messenger (antigo Msn Messenger) ficaram preocupados, com medo de perder seus contatos. Isto não irá acontecer, pois a rede do Windows Live Messenger continuará funcionando, o que irá ocorrer é apenas o fim do software WLM, e ainda poderemos nos conectar utilizando outros softwares como o Pidgin, Amsn, Ebuddy... Mas o usuário que gosta dos softwares da Microsoft não ficará órfão de um cliente de bate papo capaz de conectar-se e utilizar os contatos do WLM já que a Microsoft havia comprado o Skype, e quem possui uma conta Microsoft (a mesma que utilizava para conectar-se ao WLM, Xbox, Windows Phone, Hotmail, Outlook.com) poderá utilizar o Skype para bater papo com seus contatos normalmente e ainda poderá integrar a conta do Facebook e utilizar o Skype para bater papo nas 3 redes (Skype, Facebook e WLM).
O objetivo desta dica é mostrar como se faz esta migração/integração de serviços e é um processo bem simples.O primeiro passo é baixar o Skype para Windows. Instale o programa e ao abrir surgirá a seguinte janela:
integrar windows live messenger e skype
Clique em Conta Microsoft e faça login com o email que você utilizava no WLM.
integrar windows live messenger e skype
Na janela abaixo escolha a opção Sou novo no Skype, aceite os termos de uso e sua conta WLM já estará migrada para o Skype.
integrar windows live messenger e skype

integrar windows live messenger e skype

integrar windows live messenger e skype

Agora que você já possui sua conta já foi migrada para o Skype, vamos á 2º parte do tutorial, que trata da integração da conta do Facebbok e novamente é um processo bem simples.
Abra o menu Contatos/Listas/Facebook como a imagem abaixo.
integrar windows live messenger e skype

À sua esquerda vá em Conectar com o Facebook e abrirá a janela de login com o Facebook à direita.
integrar windows live messenger e skype

Insira os dados de login com o Facebook, e provavelmente irá solicitar uma permissão de Facebook, dê a permissão e pronto, suas contas estarão integradas e você poderá utilizar o Skype para bater papo com seus contatos do WLM, Facebook e do próprio Skype (Desde que você passe a utilizar o Skype agora, se já possuía uma conta antes este procedimento não funciona).

Ainda em tempo: Para mostrar todos os contatos que estão on line das 3 redes faça como está na imagem abaixo.
integrar windows live messenger e skype

Últimas notícias


A Microsoft anunciou que os usuários brasileiros serão os últimos forçados a atualizar para o Skype. O processo de atualização iniciará em 8 de abril de 2013 e a última fase iniciará em 30 de abril de 2013 com os usuários do Brasil.
Fonte: Blog do Skype
Continue lendo... ››

8 de janeiro de 2013

Reinstalar o Grub 2 utilizando um Live Cd do Ubuntu

Esta dica serve para quem precisou reinstalar o Windows e, quando reiniciou, percebeu que havia perdido o acesso ao Ubuntu. Isto é muito comum de acontecer e muitas pessoas, no desespero, acabam reinstalando o Ubuntu sem necessidade, perdendo tempo e às vezes, arquivos importantes. Existem diversas maneiras de instalar o Grub, mas a dica que segue foi a mais simples que utilizei até hoje e com alguns ajustes sempre funcionou.
Então, vamos começar: Você vai precisar de um Live Cd/Dvd do Ubuntu, utlilize uma versão acima da 9.10 (Karmic Koala) pois, foi a partir desta versão que o Grub2 passou a fazer parte do Ubuntu.
Inicie o seu computador com o Live Cd.
Após iniciado o sistema abra o terminal e digite o seguinte comando:
sudo fdisk -l
Você verá as partições existentes em seu disco, como está na imagem abaixo.

Recuperar o Grub


Descubra em qual partição seu Ubuntu está instalado. Neste caso a partição onde o Ubuntu está instalado é /dev/sda4, mas provavelmente não será este o seu caso. Monte o sistema de arquivos com o comando:
sudo mount /dev/sda4 /mnt
Neste ponto, o sistema antigo já está montado, então aproveite e monte os outros dispositivos dentro dele.
sudo mount --bind /dev /mnt/dev
Agora vamos acessar o diretório raíz do sistema antigo com o comando chroot, desta maneira você consegue administrá-lo via terminal.
sudo chroot /mnt
O próximo passo é atualizar o arquivo de configuração do grub.
sudo update-grub
Agora vamos efetivamente reinstalar o Grub2 na MBR. A MBR é o local onde ficam guardadas as informações de boot e sempre que instalamos o Windows ela é apagada, ficando apenas as informações do Windows
O primeiro passo é reinstalar o Grub2 na MBR. Preste atenção que é apenas /dev/sda, e não sda1, sda2, sda4...
sudo grub-install /dev/sda
Pressione Ctrl+D para sair do sistema antigo.
Desmonte os todos os dispositivos montados anteriormente.
sudo umount /mnt/dev
sudo umount /mnt
Reinicie o sistema e retire o Live Cd da bandeja. sudo reboot
Ao reiniciar você perceberá que o Grub está instalado mas, em alguns casos haverá um problema: o Windows não aparece, aparece apenas o Ubuntu.
Para resolver este problema reinicie normalmente, faça o login, abra o terminal atualize o arquivo de configuração do Grub novamente com o comando:
sudo update-grub
Reinicie novamente o sistema.
sudo reboot

Pronto! Você agora estará com o Windows e o Ubuntu instalados e poderá escolher o qual desejar. Creio que esta dica funcione com outras distribuições, e não apenas com o Ubuntu, mas não testei, que tal tentar?
Continue lendo... ››