27 de abril de 2015

Debian 8 (Jessie) e Ubuntu 15.04 (Vivid Vervet) lançados


Esta penúltima semana de abril foi especial para os fãs do Debian e do Ubuntu. Foram lançadas as mais recentes versões destes dois sistemas operacionais baseados no kernel linux. São eles o Debian 8, de codinome Jessie, e o Ubuntu 15.04, de codinome Vivid Vervet.
O Debian é também chamado Debian GNU/Linux, é mantido pela comunidade de software livre e não possui nada comercial em seu código. É uma ótima escola para desenvolvedores de software livre.
Já o Ubuntu é mantido por uma empresa chamada Canonical e possui licenças comerciais. Tem sido, nos últimos anos, a porta de entrada para os usuários que migram de windows para linux, ou mesmo de usuários curiosos que querem conhecer o "universo linux". Ambos os sistemas operacionais são gratuitos.
Lançamentos do Ubuntu são mais próximos um do outro, sendo lançados de 6 em 6 meses, sempre em abril (xx.04) e outubro (xx.10) e, a cada dois anos, a versão xx.04 é chamada de LTS, tendo suporte estendido de 5 anos. O Ubuntu é baseado no Debian, em seu repositório unstable, e sempre tem as versões mais recentes dos programas e do Kernel Linux.
Já os lançamentos do Debian não são tão frequentes, pois os desenvolvedores priorizam a estabilidade dos programas, e por este motivo vários programas não são lançados em suas últimas versões, sendo atualizados com o tempo. Mesmo o Kernel do Debian está numa versão mais antiga. A última versão do Debian lançada, antes do Jessie, foi o Debian 7, de codinome Wheezy em 04/05/2013.
Para ser lançada uma versão estável do Debian, esta versão fica em desenvolvimento e testes de uso por muito tempo e, isto garante que quando lançado, os bugs sejam mínimos. Já o Ubuntu sempre apresenta mais bugs em seus lançamentos, especialmente nas versões xx.10.
Ficou curioso, então baixe uma versão live (que roda direto de um cd/dvd sem precisar instalar) dos dois sistemas e perceba as diferenças e veja qual satisfaz suas necessidades e gosto.

26 de abril de 2015

Ubuntu Tweak, uma ótima ferramenta para configurar o seu Ubuntu

Ubuntu Tweak

O Ubuntu Tweak é uma ferramenta que permite a configuração do Ubuntu trazendo várias funções simples e um pouco mais avançadas em modo gráfico.
Num único programa é possível adicionar PPAs, trocar o papel de parede, configurações de janela e do Unity, remover arquivos temporários do APT, cache do Firefox, Chrome ou outros navegadores, remover arquivos de configuração de pacotes que já foram desinstalados, ajustar configurações de pastas de usuários, configurações de  fontes, configurações de login, remover kernels antigos com segurança… A lista é grande, então vamos nos concentrar em algumas funções mais importantes.

Abaixo vemos a tela inicial  onde é possível ver algumas informações do sistema e é possível acessar diretamente a área de limpeza de arquivos temporários, kernels antigos e cache dos navegadores.



Abaixo temos a possibilidade de instalar  em modo gráfico as versões mais recentes de alguns pacotes (programas) que estão em PPAs. Lembrando que o Ubuntu permite a instalação de pacotes através de PPAs (Personal Package Archives, que são pacotes criados por usuários) que muitas vezes nem estão disponíveis nos repositórios oficiais do Ubuntu. Podemos encontrar as mais recentes versões dos navegadores, players de vídeo, IDE's de programação e diversos tipos de pacotes.


Abaixo temos a tela de ajustes. Nela acessamos facilmente, por exemplo, a configuração das fontes e dos temas, sendo possível trocar facilmente o tamanho das fontes e combinar ícones de um tema com cores de outros temas, formando seu próprio tema personalizado. Temos acesso à configurações específicas para o Unity  e outras opções bem interessante, tudo em apenas uma tela.


Por último vemos a  tela de administradores. Aqui é possível alterar as fontes e software, ou seja, de onde os debs podem ser baixados. Podemos adicionar novas fontes de softwares também. Nunca é demais dizer que deve-se ter muito cuidado ao mexer nestas configurações, pois qualquer coisa errada pode bagunçar o sistema todo. Em "Pessoal" temos a opção de alterar as pastas do usuário. Por exemplo, se deseja deixar as pastas do home configradas como as pastas do meus documentos do windows aqui podemos fazer isto e ébem simples,basta ir em pastas de usuários e mover as pastas /home/usuario/musicas, por exemplo, para /home/usuario/documentos/musicas, fazendo assim para todas as outras (videos, downloads, etc...)


O Ubuntu Tweak facilita, e muito, a vida de quem não tem facilidades ou não gosta de utilizar o terminal. Apresentamos de maneira bem superficial, pois ele tem muito mais a oferecer.
Ficou curioso? Baixe-o em http://ubuntu-tweak.com e divirta-se .