Mostrando postagens com marcador Windows. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Windows. Mostrar todas as postagens

19 de setembro de 2017

Versão do CCleaner é atingida por Malware

A Avast, empresa que comprou a Piriform, que por sua vez é a criadora do CCleaner, anunciou nas últimas horas que algumas versões oficiais que estavam disponíveis para download no site oficial  foram invadidas, podendo conter malwares.

25 de julho de 2017

Fim do Paint

Segundo informações que surgiram na internet durante as últimas semanas, a Microsoft anunciou que o Paint será descontinuado. Muitos usuários ficaram tristes com o anúncio mas não é bem isto que vai acontecer...

29 de dezembro de 2013

Sis Mirage 3 Graphics no Windows 8

sis mirage 3 windows 8

Em abril publiquei um post sobre o funcionamento da placa de vídeo Sis Mirage 3 nos sistemas Windows e Linux, e, naquela ocasião era impossível fazer esta placa funcionar no Windows 8 pois não havia suporte e nem driver disponível para este sistema. Passado algum tempo ainda não foi lançado nenhum driver novo e também não há suporte para Windows 8, mas com algumas atualizações do próprio Windows tornou-se possível a utilização desta placa neste sistema operacional.
Instalei o Windows 8.1 num notebook Philco PHN 14124B, que possui a Sis Mirage 3 (Sis 672 FX), com a versão 5.29 do driver baixado do site da Sis (baixe-o aqui) e utilizei durante 1 mês. Após instaladas todas as atualizações do Windows é realmente possível utilizar aplicações do Metro e utilizar a resolução correta para o monitor, mas ainda acontecem algumas coisas estranhas como travamentos (mas não sei precisar se é somente por causa da placa de vídeo). Estes travamentos acontecem com uma frequência razoável, mas após travar é só aguardar um tempinho que tudo volta ao normal. Outro problema que percebi foi quando é acionado o protetor de tela, ou mesmo quando o monitor é desligado pelo gerenciamento de energia, nestes dois casos ocorre um erro de kernel da placa de vídeo que atrapalha um pouco a volta à tela de trabalho do Windows.
A conclusão é que, pelo menos neste notebook da Philco, esta placa ainda não funciona muito bem com Windows 8. Realmente está muito melhor do que antes já que a tela não fica piscando o tempo todo e permite a utilização de aplicativos Metro. Pode ser que com novas atualizações do Windows esta experiência melhore, mas ainda prefiro utilizar com o Windows 7, onde a experiência com esta placa é bem melhor.

17 de novembro de 2013

Armazenamento na nuvem (Dropbox, Google Drive, OneDrive e Copy)

Atualizado em 04/11/2014

O Dicas Linux e Windows traz hoje uma lista de alguns serviços de armazenamento e compartilhamento de arquivos na nuvem, serviços que permitem também a sincronização de arquivos entre diferentes dispositivos, o que os tornam ótimos para realizar backups de seus arquivos já que estes estarão replicados em vários lugares ao mesmo tempo. Apresentaremos o Dropbox, Copy, OneDrive e Google Drive, serviços que são gratuitos e possuem versões pagas com maior capacidade de armazenamento. O funcionamento destes serviços é bem similar, todos criam uma pasta em seu computador (ou outro dispositivo) onde você coloca os aquivos que quer compartilhar, armazenar ou sincronizar e, ao alterar esta pasta, ela será alterada nos outros dispositivos.

Dropbox é um serviço de armazenamento de arquivos online que permite sincronizar seus arquivos entre todos os computadores que você utiliza (Windows, Linux e Mac) e também com dispositivos Mobile (iPhone, iPad, Android e BlackBerry). Em sua versão grátis possui inicialmente 2 Gb de armazeamento que pode ser aumentado conforme você convida amigos para utilizar o serviço (500 Mb por convite aceito, instalado e logado).
Para utilizar é preciso que você crie uma conta no site, algo bem simples e rápido.
Criada a conta, baixe o Dropbox e instale.

onedrive OneDrive (anteriormente chamado de Microsoft Skydrive) funciona em Windows, Mac, dispositivos móveis (Android, Windows Phone, iOS). Com o OneDrive é possível editar documentos do Office 2013 e versões antigas online. A diferença está no espaço grátis de armazenamento (15 GB) e possui uma desvantagem para usuários Linux, pois não há um cliente oficial para Linux (mas isto pode ser conseguido de outras maneiras). Após a última atualização ficou possível o upload de arquivos únicos de até 10 GB. Para acessar o serviço basta utilizar uma conta da Microsoft, quem possui email (hotmail.com [.br], live.com, msn.com, outlook.com, Xbox), ou utiliza outros serviços da microsoft, provavelmente já possui uma conta. Se não possui, faça a inscrição aqui, baixe o Onedrive e instale.

copy Copy, assim como o Dropbox, pode ser utilizado em Windows, Mac e Linux e possui aplicativos para as 3 plataformas, também funciona em dispositivos móveis (iPhone, Android, and Windows Phone). A grande vantagem em relação aos dois serviços anteriores é o espaço gratuito de armazenamento que começa com 15 GB, que pode ser aumentado com o tempo, quase no mesmo estilo do Dropbox. Para utilizar basta um cadastro aqui e depois é só instalar o aplicativo de acordo com a sua plataforma. Clique aqui para instalar.

google drive Google Drive é a evolução do Google Docs, funciona em Windows, Mac e dispositivos Mobile (Android, iPhone e iPad) e gratuitamente proporciona um espaço de armazenamento gratuito de 15Gb. Para alguns tipos de documentos ele compartilha este espaço com o Gmail. O Google Drive, assim como o Microsoft OneDrive, permite a edição de documentos online e não possui um cliente oficial para Linux (mas também pode-se resolver isto de outras maneiras. Para utilizar o serviço é preciso possuir uma conta Google (Gmail, Youtube, Google +, Orkut, Picasa, Blogger, Google Apps...), se não possui crie uma agora. Baixe o cliente aqui e instale

Em resumo, alguns serviço possuem algumas vantagens, outros serviços possuem outras vantagens. A dica é utilizar o máximo possível de cada pois assim você terá muito mais espaço gratuito na nuvem, podendo assim, manter seus arquivos a salvo e acessíveis em qualquer hora e lugar.

14 de agosto de 2013

FlashGot - Como integrar gerenciadores de download ao Firefox

flashgot
FlashGot é uma extensão para firefox que permite a utilização de vários gerenciadores de download. Com o FlashGot é possível integrar diversos gerenciadores de download ao Firefox e utilizá-los na hora de fazer download de um ou vários arquivos por vez.
Uma função muito interessante do FlashGot é permitir o download direto de vídeos de sites como Youtube e outros sites de vídeos e músicas. Para isto basta prestar atenção no disquete que parece na barra de extensões do Firefox e, clicando lá abrirá uma janelinha para baixar o(s) arquivo(s) desejado(s).
Segundo o próprio site do FlashGot, os gerenciadores suportados são:
No Windows: BitComet, Download Accelerator Plus, DownloadStudio, FlareGet, FlashGet, Free Download Manager, Fresh Download, GetRight, GigaGet, HiDownload,iGetter, InstantGet, Internet Download Accelerator, Internet Download Manager, JDownloader, LeechGet 2002, LeechGet 2004, LeechGet 2005, Mass Downloader, Net Transport, NetXfer, NetAnts, Orbit, ReGet, Deluxe, ReGet Junior, ReGet Pro, Retriever, Star Downloader Thunder, TrueDownloader, Uget, Ukraininan Download Master,  WellGet, wxDownload Fast
No Linux: Aria, Axel Download Accelerator, cURL Downloader 4 X, FatRat, GNOME Gwget, JDownloader, KDE KGet, SteadyFlow, Uget, wxDownload Fast
No Mac OSX: Folx, iGetter, JDownloader, Leech, Progressive Downloader, Speed Download, wxDownload Fast

23 de julho de 2013

CCleaner - Fazendo a limpeza de arquivos e informações desnecessárias

Quando desinstalamos um programa do computador, nem toda as informações sobre este programa são removidas. Estas informações ficam gravadas no registro do Windows e, com o tempo, o registro vai ficando cada vez com mais informações (muitas destas desnecessárias) e o Windows demora cada vez mais para iniciar, portanto torna-se muito necessário fazer periodicamente uma limpeza destas informações, isto não é uma tarefa muito complicada e existem diversos programas que fazem este trabalho.
Um destes programas é o CCleaner, um utilitário gratuito que além de fazer a limpeza do registro também limpa os arquivos temporários que são dispensáveis e só servem para ocupar espaço no seu disco. Aqui mostraremos algumas funcionalidades importantes que com certeza vão otimizar o uso do seu computador com Windows.

Download e Instalação

Vale lembrar que existe uma versão paga, com mais funcionalidades, mas aqui veremos a versão gratuita.
Baixe a versão grátis do CCleaner aqui
Após o download instale o arquivo baixado.

Limpeza de arquivos - configuração e utilização

A primeira tela mostrada é a tela de limpeza de arquivos temporários, mas antes de utilizá-la podemos configurar para tirar o máximo de proveito. Deixando configuradas da maneira que estão nas imagens abaixo você conseguira limpar boa parte dos arquivos temporários, e as configurações dos navegadores da internet como histórico, dados preenchidos em formulários, histórico de downloads, cache e cookies.
ccleaner

ccleaner

Também podemos incluir pastas específicas pra que o CCleaner remova automaticamente todos os arquivos contidos nela, e mesmo a própria pasta. Vejamos um exemplo: Quando o Windows Update baixa atualizações ele salva numa pasta "C:\Windows\SoftwareDistribution\Download\", após instaladas as atualizações estes arquivos não são excluídos e a cada nova atualização novos arquivos vão sendo baixados e esta pasta vai ficando cada vez mais cheias de arquivos que não serão utilizados depois. Deixando configurado da maneira que está na tela abaixo você conseguirá remover estes arquivos do Windows Update.
ccleaner

Depois de configurado é só executar a limpeza dos arquivos, o que é bem simples. Na tela inicial clique em analisar, aguarde a análise e clique em executar limpeza, pode demorar pouco ou muito, dependendo da quantidade de arquivos temporários.
Também é possível configurar para que o CCleaner faça a limpeza de arquivos automaticamente quando o Windows for iniciado (isto poderá tornar o carregamento do Windows mais lento). Vejam só:
ccleaner


Limpeza do registro

A limpeza do registro é uma função muito importante, como já foi descrito no início. Para realizá-la via CCleaner é muito simples. A imagem abaixo é da tela de limpeza do registro e seguindo os passos você conseguirá realizar a limpeza. Quando clicar em "Corrigir erros selecionados" o programa vai perguntar se deseja salvar as alterações num arquivo, isto é opcional e eu normalmente não salvo, mas quem deseja ter um controle das alterações realizadas poderá salvar.
ccleaner

Outras ferramentas

Além de limpar os aquivos temporários e o registro do Windows o CCleaner possui outras ferramentas muito interessantes com a desinstalação de programas e a remoção de programas iniciados com o Windows.

>>Desinstalação de programas: Funciona como o desinstalador do Windows, basta escolher o programa a ser desinstalado e executar o desinstalador e seguir os passos para a desinstalação que podem diferenciar um pouco para cada programa, mas no geral são passos parecidos.
ccleaner

>>Remoção de programas iniciados com o Windows: Esta ferramenta permite que você possa ativar, desativar ou remover programas que são iniciados junto co o Windows. Isto permite que você ganhe um considerável aumento de velocidade da inicialização após o login. Estes programas que iniciam-se junto com o Windows fazem o sistema ficar mais lento para ligar pois eles vão inicializando-se ao mesmo tempo e quase nunca precisam ficar ligados o tempo todo. Normalmente vemos os ícones destes programas na barra do relógio e quanto mais ícones por lá, mais lento a inicialização do Windows fica. Para remover, ativar ou desativar estes arquivos basta selecionar o programa desejado e clicar na opção desejada, como a imagem abaixo. Vale lembrar que esta ferramenta deve ser utilizada com muito cuidado pois nem todos os programas iniciados com o Windows são inúteis, se você não prestar atenção, poderá desativar o início automático do Antivírus, por exemplo, deixando seu computador vulnerável à ataques.
ccleaner


Considerações finais

Vimos apenas algumas ferramentas do CCleaner e utilizando apenas estas ferramentas pode-se dizer que ele é um utilitário indispensável para manter o Windows limpo e com uma inicialização mais rápida.

2 de abril de 2013

Sis Mirage 3 Graphics


sis mirage 3
Atualizado em 08/01/2015

Quem pretende adquirir um notebook destes que estão na faixa dos R$ 1000,00 e que, muitas vezes possuem um bom (ou razoável) poder de processamento e de memória, deve prestar bastante atenção em qual o chipset de vídeo que este notebook possui, pois você provavelmente estará adquirindo um chipset de vídeo de péssima qualidade que influenciará negativamente o bom funcionamento de seu equipamento.
Entre os piores chipsets (senão o pior) está a famosa placa de vídeo Sis Mirage 3 (SiS671 , SiS671FX , SiS672 , SiS672FX , SiSM671 , SiSM671MX , SiSM672 , SiSM672MX), fabricada pela Silicon Integrated Systems Corp.(SIS), empresa Taiwanesa que fabrica chipsets de baixo custo e baixa qualidade. Esta placa está em boa parte dos notebooks de baixo custo.
Para quem está utlizando versões do Windows até o Windows 7 existem drivers disponíveis no site do fabricante e estes drivers garantem uma funcionalidade razoável para quem utiliza o notebook para acessar a internet, aplicativos de escritório e coisas básicas que não exijam muito dos gráficos. Já quem deseja atualizar para o Windows 8, e possui este chipset, digo por experiência própria que não é recomendável pois este chipset não funcionará, já que não há suporte para o Windows 8 e, pelos comentários que circulam na internet e pela falta de atualização do site de drivers da SIS, não haverá este suporte.

Aí você pensa: Vou partir para uma distribuição linux e tudo estará ok, certo? A resposta é não, pois o suporte para chipsets gráficos da Sis em distribuições linux é precário, praticamente não existe. Vi este driver funcionando razoavelmente na versão 2010 do Mandriva que veio instalada no meu notebook Philco, e só.
Quando troquei do Mandriva para o Ubuntu muitos problemas começaram, pois em toda versão do Ubuntu havia um problema diferente. Graças às dicas do blog do Hugo Bastos consegui apenas atingir a resolução correta do monitor. As dicas do blog são alguns ajustes que fazem com que um driver genérico (Vesa) funcione, já que não há suporte. Estes procedimentos funcionaram até a versão 12.04 (precise) e, a partir da versão 12.10 (Quantal Quetzal) não havia encontrado nenhuma solução que resolvesse nem mesmo o problema de resolução. Não havia, mas já existe uma solução para Ubuntu 14.04 e Linux Mint 17.1 - http://info.wsouza.com.br/2015/01/novidades-sobre-sis-mirage-3-no-ubuntu.html

Utlizei o Ubuntu como exemplo pois muita gente que entra no "universo linux" têm o Ubuntu como porta de entrada.

Em resumo: Quem utiliza Windows, e possui este chipset, ficará preso ao Windows 7 ou anterior. Já quem utiliza o Ubuntu (Kubuntu, Xubuntu, Lubuntu, Edubuntu) ou derivados como o *Linux Mint, ficará preso na versão 12.04 ou anterior.

A dica para quem vai investir num notebook, ou mesmo num Pc, é fugir de chipsets da SIS, especialmente o Sis Mirage 3. Com isto você vai evitar grandes dores de cabeça num futuro próximo. Antes de comprar pergunte ao vendedor, peça o manual, descubra o modelo e entre no site do fabricante par descobrir qual é o chipset.

* No Linux Mint, com o ambiente gráfico Cinnamon, esta dica não funciona, ou seja, se utilizar a inferface gráfica Cinnamon não será possível utilizar a Sis Mirage 3 de maneira satisfatória.

Veja também: Sis Mirage 3 Graphics no Windows 8
E também: Novidades sobre a Sis Mirage 3 no Ubuntu 14.04.1,Linux Mint 17.1 Debian Wheezy

14 de janeiro de 2013

Integrar Skype, Facebook e Windows Live Messenger (Msn Messenger)

Nesta semana foi divulgado que a Microsoft encerrará o Windows Live Messenger (WLM) em 15 de Março de 2013 (Ler novidades no final do post). Desde que os primeiros anúncios foram feitos, em meados do ano passado, muitos usuários do Windows Live Messenger (antigo Msn Messenger) ficaram preocupados, com medo de perder seus contatos. Isto não irá acontecer, pois a rede do Windows Live Messenger continuará funcionando, o que irá ocorrer é apenas o fim do software WLM, e ainda poderemos nos conectar utilizando outros softwares como o Pidgin, Amsn, Ebuddy... Mas o usuário que gosta dos softwares da Microsoft não ficará órfão de um cliente de bate papo capaz de conectar-se e utilizar os contatos do WLM já que a Microsoft havia comprado o Skype, e quem possui uma conta Microsoft (a mesma que utilizava para conectar-se ao WLM, Xbox, Windows Phone, Hotmail, Outlook.com) poderá utilizar o Skype para bater papo com seus contatos normalmente e ainda poderá integrar a conta do Facebook e utilizar o Skype para bater papo nas 3 redes (Skype, Facebook e WLM).
O objetivo desta dica é mostrar como se faz esta migração/integração de serviços e é um processo bem simples.O primeiro passo é baixar o Skype para Windows. Instale o programa e ao abrir surgirá a seguinte janela:
integrar windows live messenger e skype
Clique em Conta Microsoft e faça login com o email que você utilizava no WLM.
integrar windows live messenger e skype
Na janela abaixo escolha a opção Sou novo no Skype, aceite os termos de uso e sua conta WLM já estará migrada para o Skype.
integrar windows live messenger e skype

integrar windows live messenger e skype

integrar windows live messenger e skype

Agora que você já possui sua conta já foi migrada para o Skype, vamos á 2º parte do tutorial, que trata da integração da conta do Facebbok e novamente é um processo bem simples.
Abra o menu Contatos/Listas/Facebook como a imagem abaixo.
integrar windows live messenger e skype

À sua esquerda vá em Conectar com o Facebook e abrirá a janela de login com o Facebook à direita.
integrar windows live messenger e skype

Insira os dados de login com o Facebook, e provavelmente irá solicitar uma permissão de Facebook, dê a permissão e pronto, suas contas estarão integradas e você poderá utilizar o Skype para bater papo com seus contatos do WLM, Facebook e do próprio Skype (Desde que você passe a utilizar o Skype agora, se já possuía uma conta antes este procedimento não funciona).

Ainda em tempo: Para mostrar todos os contatos que estão on line das 3 redes faça como está na imagem abaixo.
integrar windows live messenger e skype

Últimas notícias


A Microsoft anunciou que os usuários brasileiros serão os últimos forçados a atualizar para o Skype. O processo de atualização iniciará em 8 de abril de 2013 e a última fase iniciará em 30 de abril de 2013 com os usuários do Brasil.
Fonte: Blog do Skype