17 de junho de 2017

Lançamento do Debian Stretch


Primeiramente vamos apresentar o Debian: É um sistema operacional de código livre baseado no kernel linux e também é o nome do projeto. Foi iniciado por Ian Murdok em 1993 e conta com o apoio de uma comunidade de programadores voluntários espalhados pelo mundo que desenvolvem o sistema. O projeto é distribuido por meio da licença GPL sem custo para o usuário e é mantido também por meio de doações. O Debian é a base de distribuições mais conhecidas como o Ubuntu e Linux Mint Debian, mas estas possuem empresas envolvidas em seu desenvolvimento. Para saber mais sobre o Debian veja a página oficial do projeto e/ou https://pt.wikipedia.org/wiki/Debian.

No dia 17/06/2017 é lançado do Debian 9, conhecido como Stretch, que vem para substituir o Debian Jessie como versão estável. Seguindo a tradição do Debian, mais uma vez o nome vem de um personagem da animação Toy Story, o polvo.
Segundo a página de lançamento, o Stretch inclui mais de 15346 novos pacotes, num total de mais de 51687 pacotes, 57% dos pacotes de seu antecessor foram atualizados e 13% foram removidos e serão marcados como obsoletos.

Algumas novidades do Debian Stretch
  • Remoção da arquitetura PowerPC e acrescentado suporte para a arquitectura mips64el
  • MariaDB em substituição do MySQL
  • Mudança dos nomes de rede: Eth0 será ens0 ou enp1s1, Wlan0 será wlp3s0.
  • O sistema de instalação também sofreu algumas mudanças. O instalador gráfico passa a ser o padrão em arquiteturas suportadas, e este instalador gráfico possui suporte a mais idiomas. Porém o instalador em modo texto continua como opção.
  • Melhoria de suporte para firmware UEFI.
  • Assim como no Debian Jessie, é possível escolher o ambiente de trabalho durante a instalação ou escolher vários ao mesmo tempo. Saiba que cada ambiente de trabalho possui um conjunto de aplicativos, muitas vezes diferentes porém com a mesma função, portanto, escolhendo vários ambientes de trabalho ao mesmo tempo, você terá vários aplicativos repetidos ocupando espaço e em alguns casos memória ram.

Para quem utiliza o Debian Jessie já é possível atualizar para o Stretch. Para isto, devemos ter alguns cuidados seguindo os passos a seguir: https://www.debian.org/releases/testing/amd64/release-notes/ch-upgrading.pt.html.
Já estão disponíveis as ISOS de instalação para quem deseja fazer uma instalação do zero. Para baixar acesse https://www.debian.org/CD/live/ e escolha sua arquitetura, 32 (i386) ou 64 Bits (amd64).
Em breve mostraremos como fazer uma instalação completa do sistema.
Continue lendo... ››

31 de maio de 2017

Novo Navegador Opera - Acesso à WhatsApp, Facebook Messenger e Telegram sem sair do navegador

Há pouco tempo foi lançada a nova versão do navegador Opera, a 45. O Opera é um navegador de código aberto, lançado em 1995 e, desde algumas versões atrás, é baseado no Chromium (assim como o Google Chrome) e possui versões para Linux, Windows, Mac, Android e iOS.
Esta versão traz algumas novidades que tornam o navegador mais interessante ainda.
Dentre estas novidades está a integração com alguns dos clientes de bate papo mais populares do momento, como WhatsApp, Facebook Messenger e Telegram. O mais interessante de tudo é que não é necessário instalar nenhum tipo de plugin adicional, basta instalar o Opera, ativar e sair utilizando.

O acesso aos botões dos navegadores fica na barra de ferramentas à esquerda. Veja abaixo como fica a janela após ativadas as opções:






Continue lendo... ››

15 de março de 2017

Golpes nas compras online

Quando queremos comprar algum produto pelo internet devemos ficar muito atentos, pois estamos sujeitos à diversos tipos de golpe. Na última semana tenho percebido que no facebook há uma grande quantidade de postagens com ofertas inacreditáveis de aparelhos eletrônicos, aparentemente de grandes redes de lojas como Walmart, Ponto Frio e Americanas, entre outras.
Nem precisa de muito para perceber que trata-se de golpe.
Nas imagens da esquerda vemos as publicações do facebook com as ofertas inacreditáveis. Mas basta abrir a publicação da oferta e vemos que os links levam à sites falsos, com uma aparência similar ao original (prestem atenção aos links circulados em vermelho, nas imagens à direita).

Para garantir que suas compras sejam sempre seguras, o ideal é certificar-se que o site é confiável. Nos exemplos acima foi muito fácil perceber devido aos endereços, que mostravam claramente que os sites eram cópias dos originais, com o intuito de roubar seus dados do cartão de crédito ou mesmo receber o pagamento e, posteriormente não entregar produto algum. Sempre busque comprar nos sites de lojas conhecidas, que normalmente são: www.nomedaloja.com.br, ou faça uma pesquisa no google e muito cuidado com publicações de ofertas nas redes sociais.
Continue lendo... ››

30 de dezembro de 2016

Troque o visual do Linux deixando-o parecido com o Windows

Esta dica é uma ótima maneira de introduzir usuários Windows ao universo Linux, sem causar estranheza aos mesmos.
Mas como? A resposta é bem simples:
Muita gente que está acostumada ao Windows mal conhecem detalhes do mesmo, pois utilizam apenas o navegador para acessar a internet, logo, não sentirão diferença pois o seu sistema Linux ficará com a mesma aparência do Windows 7 ou 8.
Faremos a transformação em 3 passos apenas instalando um tema do Windows e alterando este mesmo tema para o padrão do sistema. Veja como é simples:

1º Passo: Baixe o tema no link abaixo:

Tema Windows 7/Windows 8

Descompacte na sua pasta /home e você verá 3 pastas: Win7, Win8 e windows.

2º Passo: Instale o tema. Para isto abra o terminal e, como super usuário mova as pastas Win7 e Win8 para a pasta /usr/share/themes/

sudo mv Win7 /usr/share/themes
sudo mv Win8 /usr/share/themes


A pasta Windows deve ser movida da mesma forma, mas para a pasta /usr/share/icons

sudo mv windows /usr/share/icons

3º Passo: Troque o tema pelo tema do Windows.

Instale o Gnome-Tweak-Tool, necessário para trocar o tema. (A dica foi elaborada utilizando o Gnome).

sudo apt-get install gnome-tweak-tool

Abra o Gnome-Tweak-Tool. Você o encontrará  no menu Sistema>>Preferências>>Configurações avançadas, que abrirá a tela abaixo:

http://info.wsouza.com.br


Modifique o tema de janelas, tema de ícones e tema gtk, deixando-os como na imagem acima.

Veja alguns exemplos de como ficará seu Desktop.

http://info.wsouza.com.br
http://info.wsouza.com.br
http://info.wsouza.com.br
http://info.wsouza.com.br
http://info.wsouza.com.br


Detalhe: o papel de parede padrão do Windows 7 não está neste tema, mas poderá se encontrado facilmente no Google e adicionado como plano de fundo.
Continue lendo... ››

20 de novembro de 2016

Nunca mais perca seus contatos do celular

Não corra risco de perder seus contatos, armazene-os online e mantenha-os sincronizados com seu smartphone. Veremos como é facil fazer isto utilizando uma conta Google num smartphone Android.
Para iniciar, é necessário uma conta Google. Nos smartphones Android, a conta Google é necessária para acessar a Play Store e atualizar aplicativos, se você consegue ter acesso e atualizar aplicativos, você possui uma conta Google.
Caso contrário, é possível fazer o cadastro no próprio dispositivo acessando Config>>Contas>>Adicionar Contas>>Nova>>Google, como vemos abaixo:


Caso já possua uma conta, escolha a opção "Existente" e faça o login.
Após criada a conta e efetuado o login, você poderá escolher o que sincronizar. Além dos contatos é possível sincronizar vários outros serviços do Google, como vemos abaixo. Como o foco é a sincronização dos contatos, deixe a opção contatos marcada e ocorrerá a sincronização automática.

 

Pronto, seu contatos já estão salvos na conta Google e serão sincronizados com seu dispositivo. O próximo passo é escolher os contatos que ficarão visíveis. Para chegar à tela abaixo acesse Pessoas>>Contatos para exibição e marque a opção Google. Assim os contatos exibidos na agenda serão os contatos cadastrados na conta google, no Gmail. Estes contatos poderão ser alterados tanto no aparelho, quanto na conta google.


Agora veremos como adicionar um contato, pelo smartphone, à sua agenda de maneira que o mesmo fique salvo no google.
O processo é o mesmo de adicionar um contato à agenda do aparelho. Como a agenda do google está marcada para visualização, os contatos serão adicionados diretamente à conta google, como vemos a seguir.


A grande vantagem de utilizar os contatos desta maneira é que não há riscos de perder seus contatos em caso de perda, furto, roubo ou qualquer outro problema com o dispositivo, já que os contatos estarão sempre atualizados na nuvem.
Continue lendo... ››

21 de fevereiro de 2016

Fim do suporte ao Debian 6 (Squeeze) LTS

No dia 29 de fevereiro de 2016 acabará o suporte LTS (Long Term Support) para o Debian 6.0, também conhecido como Debian Squeeze. A partir desta data não haverá mais suporte de segurança, ou seja, o sistema não receberá mais atualizações de segurança. O Debian Squeeze foi lançado em 2011 e recebeu suporte de 5 anos.
A próxima versão LTS será o Debian 7, conhecido como Wheezy, lançado em 2013,e hoje chamado de oldstable. O Debian Wheezy terá suporte e segurança até maio de 2018 e, provavelmente será substituído pelo Debian 8.0 (Jessie), lançado em 2015, sendo a versão stable do momento.

Para que não conhece, Debian é um projeto lançado em 1993 por Ian Murdock. Chamado também de Debian/GNU Linux, é um projeto de software livre que tem milhares de voluntários no mundo todo trabalhando em conjunto para criar e manter o sistema, sendo um dos projetos mais influentes do mundo. É um sistema baseado no Kernel Linux e uma das distribuições mais respeitadas, servindo de base para outras distribuições como Ubuntu, Linux Mint, Knoppix, Dann Small Linux entre outras...
Conheça mais sobre o Debian em http://www.debian.com

Fonte: https://www.debian.org/News/2016/20160212
Continue lendo... ››

1 de dezembro de 2015

Como utilizar o Google Maps off-line

Há aproximadamente um mês o Google Maps pode ser utilizado com uma conexão fraca, ou mesmo off-line. Funciona assim: O usuário pode baixar uma área do mapa para visualizar quando estiver sem conexão com a internet. Esta área baixada pode ser um bairro, cidade, estado, país, etc.. Quanto maior a área selecionada, maior será o tamanho do arquivo a ser baixado. Desta maneira o Google Maps pode ser utilizado com um navegador GPS, tornando-se um GPS off-line, muito útil para quem possui plano de dados limitado.
Abaixo explicarei como baixar e utilizar o maps off-line.

Em seu smartphone, acesse o menu "Áreas off-line", como na imagem abaixo. Se não aparecer este menu é porque você ainda não está com a versão mais recente do maps instalada.

google maps off-line

Depois selecione a área que deseja fazer o download, mas lembre-se, quanto maior a área selecionada, maior será o arquivo a ser baixado e, dependendo da quantidade de espaço restante em seu aparelho, não será possível selecionar uma área muito grande. Faça o download e dê um nome para a área selecionada.

google maps off-linegoogle maps off-line

Pronto. Agora você já pode utilizar o maps off-line. Este arquivo que foi baixado pode ser atualizado a qualquer momento, caso haja alguma alteração no mapa (ex: nome, ou sentido de uma rua), e será atualizado automaticamente em aproximadamente 30 dias.

google maps off-linegoogle maps off-line

Agora vamos ver como funciona a navegação off-line. Para utilizar como um GPS deve-se deixar o GPS do aparelho ativado, e utilizaremos o app Navigator. Selecionando a área fizemos o download (tela anterior) chegaremos na tela abaixo. Nesta tela podemos tanto visualizar apenas os mapas como também, com a ajuda do app navigator, podemos utilizar a função GPS. Para utilizar esta função basta selecionar o ícone azul.

google maps off-line

Basta indicar o local de partida (caso não tenha sido detectado automaticamente) e o local de destino, escolher o modo de locomoção (carro, bicicleta, transporte público ou a pé) e clicar no ícone azul com duas setas brancas e você será guiado até o destino.

google maps off-linegoogle maps off-line

Vale ressaltar que esta navegação off-line não traz detalhes sobre o trânsito (congestionamentos, etc..) mas serve como um guia básico de locomoção para locais pouco ou nada conhecidos pelo usuário.
Particularmente achei muito interessante que a google disponibilizou esta ferramenta, ainda que já pudesse ter disponibilizado antes.
E você, o que achou? Comente aqui.
Continue lendo... ››