19 de setembro de 2017

Versão do CCleaner é atingida por Malware

A Avast, empresa que comprou a Piriform, que por sua vez é a criadora do CCleaner, anunciou nas últimas horas que algumas versões oficiais que estavam disponíveis para download no site oficial  foram invadidas, podendo conter malwares.
A versão v5.33.6162 do CCleaner e a versão v1.07.3191 do CCleaner Cloud possui um código malicioso que pode baixar e instalar automaticamente softwares capazes de capturar tudo o que é digitado (assim, pode capturar senhas de emails, bancos, etc..) e softwares capazes de sequestrar os dados do usuário (exigindo pagamento para devolvê-los ao usuário). Estas versões já foram baixadas por mais de 2 milhões de usuários.
Se você deseja continuar usando o CCleaner é muito importante baixar alguma versão a partir da v5.34.6202, já disponíveis no site oficial do software. Caso não deseje mais utilizá-lo não deixe de removê-lo de seu equipamento. Lembre-se: Sempre que possível faça downloads de sites oficiais, assim diminui a chance de encontrar problemas. (Apesar que, neste caso, a invasão se deu no site de download oficial)

 
Para quem não conhece: O CCleaner é um utilitário para Windows que permite a realização de pequenas tarefas de manutenção e limpeza do sistema. Veja o post de Julho/2013 onde falamos sobre o software.