Como conseguir a versão mais recente do Ubuntu em 32 bits

Como conseguir a versão mais recente do Ubuntu em 32 bits - Dicas Linux e Windows

As versões mais recentes do Ubuntu, 18.04 (LTS) e 18.10 não possuem imagens ISO 32 bits, que são para computadores mais antigos. Mas, como fazer para "rodar" as últimas versões do Ubuntu se você possui um computador antigo ou, se por qualquer outro motivo precisa da versão 32 bits?
Confira na dica a seguir.






Entendendo o problema

A partir da versão 18.04, a Canonical, desenvolvedora do Ubuntu, deixou de fornecer imagens de seus lançamentos em 32 bits. Isto dificultou a vida de quem possui computadores mais antigos e desejam testar o sistema, ou mesmo para quem utiliza em máquinas virtuais, que por algum motivo não aceitam versões 64 bits.

Como resolvê-lo?

A dica para resolver este problema é simples, porém, um pouco trabalhosa devido ao tempo e quantidade de downloads.
Baixe a versão LTS 16.04, que foi a última a ser lançada em ISO de 32 bits, e instale. Após a instalação, o próprio sistema alertará a opção de atualizar para a próxima versão LTS, que é a 18.04. Faça a atualização. Simples assim e você já possuirá a versão LTS mais recente em seu computador de 32 bits.
Se deseja a versão mais recente não LTS, que é a 18.10, faça da seguinte forma:
Após a atualização para a 18.04, faça uma nova atualização do sistema. (lembre-se de trocar os repositórios em /etc/apt/sources.list).

Considerações finais

1 - Baixe o Ubuntu 16.04, direto do site da Canonical.
2 - Não entrei no mérito dos requisitos de hardware para suportar as versões mais recentes do Ubuntu. Mas quem pretende utilizá-las deve saber que o desempenho poderá não ser satisfatório em computadores com até 2Gb de RAM (que é o caso dos 32 bits).
3 - Para a dica acima, considerei que você possui conhecimento em instalação e atualização de sistemas linux.
4 - Se deseja ter estas versões (18.04 e 18.10) em 32 bits para alguma futura utilização, sem que seja preciso esta trabalheira toda, é possível fazer um backup do sistema utilizando o Remaster-GTK. (Veja aqui como fazer). 5 - Não se sabe exatamente até quando haverá suporte para as versões 32 bits, pois o Ubuntu mate, por exemplo, não suportará mais esta arquitetura. Acredito que o 18.04, por ser LTS, vai manter o suporte durante todo seu ciclo.
Compartilhe:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Translate

Pesquise no blog

Google AdSense