Programa de declaração do IRPF 2020 no Linux com Java OpenJDK

Postado por , em 25 comentários:
Programa de declaração do IRPF 2020 no Linux com Java OpenJDK  - Dicas Linux e Windows
Se você precisa utilizar o programa de declaração do imposto de renda 2020 (DIRPF 2020) no Linux mas não pode instalar o Java Oracle ou tem problemas com a versão disponível no formato .BIN, veja nesta matéria como fazer para utilizá-lo com o OpenJDK e a versão multiplataforma do DIRPF.




Antes de tudo: O que é, e para que serve o Java?


Java (neste caso Java Runtime Environment, ou JRE) é o ambiente de execução para programas criados com a linguagem de programação Java. É uma máquina virtual que permite a execução do código fonte, como se fosse um processador virtual. Foi desenvolvido pela Sun Microsystems e atualmente pertence à Oracle, portanto, é uma tecnologia proprietária.
Vários sistemas baseados em Linux utilizam a versão não proprietária, chamada de OpenJDK (Open JRE). O OpenJDK é o resultado dos esforços da Comunidade Java para a evolução atemporal da linguagem. Serve como incubadora de novas ideias que normalmente são implementadas no JDK comercial da Oracle para serem rentabilizadas posteriormente.
Fonte: Wikipedia

DIRPF 2020


O DIRPF, nas versões para sistemas operacionais específicos, funciona apenas com o Java Oracle. Muitos usuários encontram dificuldades na instalação do DIRPF em sistemas Linux devido à não disponibilidade do Java Oracle nos repositórios de algumas distribuições, principalmente nas distribuições onde há a predominância de software livre.
Para contornar este problema a saída é utilizar a versão multiplataforma do DIRPF, pois ela funciona com o OpenJDK. Veremos a seguir como fazer isto.

Testando o Java


Antes de qualquer coisa tenha certeza que há uma versão do OpenJDK instalada. No terminal digite:

 java -version

Se o OpenJDK estiver instalado, a saída deverá ser alguma coisa parecida com a abaixo:

OpenJDK version "11.0.6" 2020-01-14
OpenJDK Runtime Environment (build 11.0.6+10-post-Ubuntu-1ubuntu118.04.1)
OpenJDK 64-Bit Server VM (build 11.0.6+10-post-Ubuntu-1ubuntu118.04.1, mixed mode, sharing)

Se não aparecer nada, é porque o OpenJDK não está instalado. Para instalar, acesse a central de software de sua distribuição e procure por openjdk ou default-jre. Você também pode instalar via terminal utilizando um dos comandos abaixo, de acordo com a sua distribuição.

Debian e derivados

 sudo apt install default-jre

openSUSE e derivados

 sudo zypper in java-1_8_0-openjdk

Fedora e derivados

 sudo dnf install java-1.8.0-openjdk

Para ter certeza que tudo deu certo, digite java -version no terminal novamente e verifique se a saída do terminal é parecida com a anterior.

Download e execução do DIRPF


Após o Java estar funcionando, vamos ao DIRPF. Para fazer o download da versão multiplataforma do DIRPF, abra o terminal, copie e cole o código abaixo:

 wget http://downloadirpf.receita.fazenda.gov.br/irpf/2020/irpf/arquivos/IRPF2020-1.9.zip

Após o download, ainda no terminal,descompacte executando o comando:

 unzip $HOME/IRPF2020-1.9.zip

Esta versão não necessita de instalação, basta executar o arquivo com a extensão irpf.jar, que está na pasta que foi criada na descompactação.
Para executar primeiramente dê as permissões de execução no arquivo irpf.jar com o comando:

 chmod +x $HOME/IRPF2020/irpf.jar

Depois dê um duplo clique no arquivo, ou execute com o comando:

 java -jar $HOME/IRPF2020/irpf.jar

Caso precise da versão com o Java Oracle veja em Programa de declaração do IRPF 2020 no Linux (Arquivo .bin + Java Oracle)


Compartilhe:

25 comentários:

  1. Nossa, muito obrigado a quem escreveu essa dica! Eu virei adepto ao software livre, e não queria ter que instalar o java proprietário para declarar o IR. A dica funcionou perfeitamente pra mim no ubuntu. A única observação a ser feita é para quem não tem familiaridade com o linux: é preciso localizar o endereço onde a pasta foi baixada no pc, se for na pasta "Downloads", provavelmente vai algo do tipo "/home/nome-de-usuário/Downloads/irpf2020-1.2.zip", e é preciso saber para onde você vai extraí-la com o comando "unzip".

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Valeu pelo elogio. Alterei a dica para que o processo seja feito totalmente pelo terminal, acho que facilita.

      Excluir
    2. Muito legal. Parabéns pela dica. Funcionou muito bem e estou satisfeito!

      Excluir
    3. Amigo, você me salvou.
      Não conseguia por nada instalar o software do IR, mas com seu tutorial consegui.
      Muito Obrigado !!!

      Excluir
  2. única dica que encontrei que funcionou, muito obrigado...

    ResponderExcluir
  3. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  4. Mais fácil que almoçar de colher....

    ResponderExcluir
  5. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  6. O programa inicia mas quando importo a declaração do ano anterior, trava tudo. Estou usando KDE Plasma com Focal.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Já resolvi. Era algo no KDE! Depois de update funcionou.

      Excluir
  7. A declaração do ano anterior está salva na pasta /home/seu-nome-de-usuario/Arquivos de Programas RFB/IRPF2019?

    ResponderExcluir
  8. Também achei muito positivo o fato de poder usar o OpenJDK. Parabéns pelo post.

    ResponderExcluir
  9. Muito obrigada! Ajudou muito!

    ResponderExcluir
  10. Ótimo post! Funcionou perfeito aqui com Opensuse. Muito Obrigado pela ajuda.

    ResponderExcluir
  11. funcionou perfeitamente no ubuntu 20.04.
    muito obrigada, mesmo!

    ResponderExcluir
  12. A versao mais nova é a 19...
    http://downloadirpf.receita.fazenda.gov.br/irpf/2020/irpf/arquivos/IRPF2020-1.9.zip

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado.
      Mas caso alguém tenha baixado a versão 1.6, o programa atualiza sozinho para a 1.9.

      Excluir
  13. Muito obrigado, Me ajudou bastante.

    ResponderExcluir